Salmão à moda Vera

11/07/2017 - 9:00

Adoro ir para a cozinha preparar pratos diferentes para saborear entre amigos. Sou muito observadora e quando viajo deixo de comprar artigos pessoais e pesquiso novidades para preparar comidas com toques diferentes. Hoje vou passar, para os que gostam de salmão defumado, uma forma de preparo que minha família e meus amigos adoram – é um objeto de desejo!

São apenas dois pratos e se harmonizam perfeitamente: salmão defumado servido em fatias e coberto de dill fresco e salada de aspargos. Parece fácil, afinal tudo se compra pronto, mas cozinha para mim é um trabalho artesanal, um bordado feito com amor e dedicação aos detalhes.

Essa travessa acomoda bem 400 gramas de salmão defumado em fatias que gosto de colocar dobradas com o maior cuidado, pois não é aconselhável manusear demais o salmão, é muito delicado. Por cima salpico muito dill (também conhecido como endro), cobrindo totalmente as fatias. Acreditem, esse tempero faz a maior diferença e quanto mais, melhor!

Tudo pronto… Coloque na geladeira, coberto com filme plástico. Até aqui nada de mais. Aí vem o meu segredo: em casa eu sirvo com uma mostarda especial de dill – toque que aprendi na Suíça e que acrescenta um sabor inigualável ao salmão. Portanto: nada de creme fraiche (creme fresco) e limão – como me falou enfaticamente a vendedora da loja da fantástica mostarda, em Zurique.

Quem tiver oportunidade de viajar, vale buscar essa deliciosa iguaria. Tenha certeza que vai fazer a diferença!

Quem gosta de cozinha sabe que o aspargo tem seus segredinhos para o cozimento, porque a ponta do legume cozinha muito mais rápido que o talo. Eu sempre corto a ponta do talo, e reservo para fazer sopa, limpo cada um deles e os cozinho de pé na panela com água ou no vapor. É tudo bem rápido. Escorro bem e, depois de frios, coloco na travessa e deixo fora da geladeira.

Um pouco antes de os convidados chegarem, eu salpico sal defumado Maldon (inglês), acrescento alcaparras, três ovos cozidos ralados e rego com azeite. Tudo pronto, vai direto para a mesa. Eu, particularmente, não gosto de muito sal na comida e o Maldon é forte, então atenção para a quantidade.

Esse cardápio vai muito bem com vinho branco, mas como em casa adoramos gin, sirvo a bebida com água tônica (aliás já chegou por aqui a tônica inglesa que tem um sabor especial). O toque final no copo grande e redondo é o zimbro, fruta considerada especiaria que é também a base da destilação do gin. Na forma de bolinhas escuras costumam ser usadas como condimento na cozinha. Podem ter certeza: a apresentação faz a diferença e o sabor é fantástico.

E acreditem esse trio (salmão, aspargos e gin) tem feito o maior sucesso entre meus amigos!

16 Comentários

Cancelar resposta

Posts relacionados

Posts relacionados